Tal como já aconteceu em anos anteriores, os alunos do Externato voltam a participar no Concurso Canguru Matemático sem Fronteiras, que se realizou dia 7 de abril.

A Associação Canguru sem Fronteiras é uma associação de carácter internacional que reúne personalidades do mundo da matemática de 55 países. O seu objectivo é promover a divulgação da matemática elementar por todos os meios ao seu alcance e, em particular, pela organização anual do Concurso Canguru Matemático sem Fronteiras, que terá lugar no mesmo dia em todos os países participantes. Pretende-se, deste modo, estimular e motivar o maior número possível de alunos para a matemática e é um complemento a outras actividades, tais como olimpíadas. Em Portugal a organização deste concurso está a cargo do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática.

O Concurso “Canguru Matemático” contribui para a popularização e promoção da matemática nos jovens. O Concurso é para TODOS os alunos! Não existe uma selecção prévia.

O concurso consiste numa única prova: não existe nenhuma selecção prévia nem existe uma prova final. Existem 8 Categorias, de acordo com as idades dos alunos: Mini-Escolar nível I (2.º ano de escolaridade), Mini-Escolar nível II (3.º ano de escolaridade), Mini-Escolar nível III (4.º ano de escolaridade), Escolar (5.º e 6.º anos de escolaridade), Benjamim (7.º e 8.º anos de escolaridade), Cadete (9.º ano de escolaridade), Júnior (10.º e 11.º anos de escolaridade) e Estudante (12.º ano de escolaridade). A prova consiste num questionário de escolha múltipla de várias questões de dificuldade crescente.

A pontuação máxima na categoria Mini-Escolar nível I é 75 pontos, nas categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar é 120 pontos e nas outras categorias é 150 pontos. Os alunos começam com uma pontuação de 15 pontos na Categoria Mini-Escolar nível I , com 24 pontos nas Categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar e com 30 pontos nas restantes categorias. Por resposta errada serão penalizados em 1/4 da pontuação da questão. A categoria Mini-Escolar nível I é constituída por 5 questões de 3 pontos, 5 questões de 4 pontos e 5 questões de 5 pontos. As categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar têm 8 questões de 3 pontos, 8 questões de 4 pontos e 8 questões de 5 pontos. As restantes categorias têm 10 questões de 3 pontos, 10 questões de 4 pontos e 10 questões de 5 pontos.

Objectivos
  • Estimular o gosto e o estudo pela Matemática.

  • Atrair os alunos que têm receio da disciplina de Matemática, permitindo que estes descubram o lado lúdico da disciplina.

  • Tentar que os alunos se divirtam a resolver questões matemáticas e percebam que conseguir resolver os problemas propostos é uma conquista pessoal muito recompensadora.

  • Aumentar todos os anos o número de participantes no concurso a nível nacional e tentar atingir as cotas de participação de outros países.

Um pouco de história

No início dos anos 80, Peter O’Holloran, professor de matemática em Sydney, inventou um novo tipo de Concurso Nacional em escolas australianas: um questionário de escolha múltipla. Este concurso foi um enorme sucesso na Austrália. Em 1991, dois professores franceses (André Deledicq e Jean Pierre Boudine) decidiram iniciar a competição em França com o nome Canguru (“Kangourou”) para prestar homenagem aos seus amigos australianos. Na primeira edição, participaram 120 000 estudantes, atraindo a atenção dos países vizinhos. Em Junho de 1993, o Conselho de Administração do Canguru (“Kangourou”) Francês convocou um encontro europeu em Paris e sete países decidiram adoptar o mesmo concurso. Em Junho de 1994, em Estrasburgo, no Conselho Europeu, a Assembleia Geral dos representantes de 10 países europeus (Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Itália, Moldávia, Polónia, Rússia e Eslovénia) decidiram a criação do “Canguru Matemático sem Fronteiras”. Actualmente, a associação conta com representantes de 47 países e mais de 6 milhões de participantes em todo o mundo. Portugal participou pela primeira vez em 2005 no Canguru Matemático sem Fronteiras.

Participação no Concurso Canguru Matemático sem Fronteiras 2016