No dia 19 de abril de 2016, no Externato Maria Droste, pelas 14h.

Receberemos a visita do autor Filipe L.S. Monteiro, que estará com os alunos do 1º ciclo a apresentar o seu livro infantil “O menino que sonhava salvar o mundo”, onde dá a conhecer um menino que, não tendo posses para a aquisição de brinquedos, usa a sua imaginação para inventar os seus jogos, as suas brincadeiras, as suas diversões.

Nesta apresentação (com Magia!) veremos como a Natureza se transforma numa verdadeira “Play Station” de jogos, em que cada criança é incentivada a brincar com a sua própria imaginação!

PREÇO DO LIVRO = 10,00 EUROS

Dedicatória personalizada na aquisição do livro

filipe-monteiro

Filipe L. S. Monteiro é licenciado em Química Analítica pela Universidade de Aveiro desde 1988.

Durante mais de vinte anos desenvolveu a sua atividade profissional na indústria, onde exerceu várias funções (área de Controlo da Qualidade, Direção de Produção, Desenvolvimento de Novos Produtos e Tecnologias e apoio na Certificação da Qualidade e Ambiente da empresa). Em finais de 2009 trocou essa atividade por outras paixões: o ilusionismo, a divulgação “O Menino que Sonhava Salvar o Mundo”, o seu primeiro livro infantil, foi lançado em novembro de 2011, estando presentemente na quarta edição.

Ainda na senda dos livros infanto-juvenis, apresentou “Mestre Carbono, o Cientista”, em janeiro de 2015, livro em destaque na revista da Sociedade Portuguesa de Química na sua edição do primeiro trimestre deste mesmo ano.

Escreveu um terceiro livro, “O Brinquedo que Queria que Brincassem com Ele”, atualmente a aguardar por ilustração.

No campo da ficção, Filipe L. S. Monteiro escreveu e lançou um primeiro romance, “O Segredo dos Candeeiros”, com apresentação pública em janeiro de 2014, já com lançamento previsto da segunda edição.

Escreveu ainda um segundo romance, “Os Livros da Droga” (em apreciação para futura edição), tendo já várias ideias para novas obras romanceadas e um livro sobre uma experiência de vida na primeira pessoa.

Filipe L. S. Monteiro tem vindo a fazer a apresentação dos seus livros um pouco por todo o país. Aliando as suas paixões pelo ilusionismo, tem usado essas qualidades para reunir num mesmo momento as duas vertentes. Ao mesmo tempo que apresenta as suas histórias, faz uso da sua “arte da ilusão” para, com alguns truques, deslumbrar o público presente.

Mas a arte do ilusionismo também ele a apresenta de per se! Com efeito, é sócio das duas principais associações de magia do país: Clube de Ilusionistas Fenianos, no Porto, e Associação Portuguesa de Ilusionismo, com Sede em Lisboa. Neste âmbito, colabora anualmente com as duas mais antigas atividades no mundo da magia nacional: o evento MagicValongo que, como o nome indica, acontece todos os setembros em Valongo, Porto; e os Encontros do Grupo Mágico de Sintra, sendo neste caso o nome mais redutor, dado que os encontros vão decorrendo em várias localidades e é integrado por um grupo de pessoas amantes desta arte de todo o país e até oriundos da vizinha Espanha. Participa e atua também em espetáculos de ilusionismo em vários locais do país.

Paralelamente, e respondendo a algumas solicitações por ocasião da época de S. Valentim, apresenta, em jeito de tertúlia, “A Química do Amor”, onde aborda os conhecimentos científicos que explicam esta emoção, com destaque para as substâncias químicas responsáveis pelas diferentes fases do enamoramento… a que não falta a explicação para a tristemente famosa “crise dos sete anos” numa relação. Também aqui são efetuados alguns efeitos de magia.

Por último, e num outro casamento profícuo em que alia a magia à sua formação científica, desenvolveu um projeto de divulgação de fenómenos e conceitos científicos, apresentados como verdadeiros efeitos mágicos. Nesta faceta, organiza e colabora em oficinas de ciência, coordenando e apresentando um espetáculo de ciência mágica, onde os espectadores se veem surpreendidos por vários efeitos aparentemente impossíveis, onde o verdadeiro mágico são os conceitos de ciência.
A verdadeira ciência mágica!

Apresentação do Livro: “O menino que sonhava salvar o mundo”